Encontro Regional dos Presbíteros acontece em Londrina (PR)

POSTADO EM 21 de AGOSTO de 2018

O evento vai até o dia 23 de agosto e tem como tema: “Presbítero: um tesouro em vaso de barro”

Cerca de 130 padres de 16 (arqui)dioceses do Paraná, Regional Sul 2 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), estão reunidos nesta semana, de 20 a 23 de agosto, no Encontro Regional dos Presbíteros, em Londrina, na Casa de Retiros Emaús. O encontro reflete o tema: “Presbítero: um tesouro em vaso de barro” e o lema: “Para isso eu nasci e para isso eu vim ao mundo” (Jo 18,37). O encontro é organizado pelo Comissão Regional dos Presbíteros (CRP da CNBB), formado pelos coordenadores da Pastoral Presbiteral de cada diocese do Paraná.

O assessor do encontro é o padre Jésus Benedito dos Santos, doutor em Psicologia Social pela PUC (SP) e mestre em Filosofia pela PUC (Campinas), autor de livros como: “Novo presbítero católico sob a mística do cuidado”, “Presbítero Pastor: discípulo missionário do Senhor em tempos de mudança” e “Pérolas nas mãos de Deus: pastoral presbiteral”. Na programação do encontro estão palestras, trabalhos em grupo, orações e momentos de integração.

Os padres que participam do encontro são escolhidos pelos coordenadores da Pastoral Presbiteral das dioceses. “A missão desses padres que trabalharam aqui é levar o conteúdo e trabalhar esses temas com a Pastoral Presbiteral diocesana. Aqueles que participam do regional também podem participar do nacional depois em Aparecida”, explica padre André Luis de Oliveira, coordenador da Pastoral Presbiteral da Arquidiocese de Londrina, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Paz, de Ibiporã.

O arcebispo de Londrina, Dom Geremias Steinmetz, fala da alegria da arquidiocese em receber o evento. “O clero do Paraná inteiro se reúne aqui. Assim as experiências das outras dioceses vêm para cá e eles também levam as experiências daqui, dos nossos padres, dos trabalhos que aqui são feitos.”

Dom Geremias destaca que, desta forma, o Paraná vai se tornando um regional em que o clero se conhece. “Não somente os bispos, mas também os padres se conhecem entre si. As práticas pastorais devagar também vão sendo divididas, vão sendo compartilhadas, isso é muito importante”, conclui.

O padre Deoclézio Wigineski, da Diocese de Palmas-Francisco Beltrão, um dos participantes do encontro, fala que nesses encontros a convivência e o estudo se complementam. “Os padres precisam, não só do estudo, mas também da convivência. O assessor é um estudioso da área, está levando a perceber nós mesmos, as alegrias e dificuldades, as fraquezas, as limitações e as feridas que possam ser curadas para melhor servir ao povo de Deus. Possa estar com o povo de Deus, conduzindo, orientando  o povo de Deus. Sendo sinal desse amor de Deus”, conclui o padre.

Image title


(Por Juliana Mastelini Moyses – PASCOM Arquidioce de Londrina)

© Copyright 2019. Desenvolvido por Cúria Online do Brasil