Transmitir a fé – Plano Pastoral Diocesano

POSTADO EM 07 de Novembro de 2019

Em um mundo de profundas mudanças já não se pode supor que as pessoas tenham recebido integralmente a fé cristã católica, pois a transmissão da fé não acontece de forma natural como antes. Por séculos eram os pais que transmitiam a fé a seus filhos e a cultura ao redor estava enriquecida de valores cristãos. Mas hoje tudo está mudando! Assim, a Igreja Católica se deu conta que precisa ajudar a acender a luz da fé no coraçãodas pessoas, levá-las a fazer a experiência do encontro pessoal com Cristo, para quedepois possam segui-lo, como discípulas, ao lado de tantos outros na comunidade eanunciá-lo, sendo missionárias de Jesus Cristo.

A Iniciação à Vida Cristã é a inspiração do Espírito Santo para esse momento da história. Trata-se de algo contagiante, que encanta as pessoas! A Iniciação é um processo de crescimento na fé de forma gradual e permanente, que acontece na comunidade onde aspessoas estão; se bem conduzida transforma a fé inicial em uma fé adulta, cada vez mais convicta e comprometida. Por esse motivo, a Diocese de Paranavaí, reunida em assembleia, dia 5 de outubro de 2019, optou pela Iniciação à vida cristã, como sua única prioridade, para os próximos quatro anos e isso para todos os seus diocesanos.

A Iniciação à Vida Cristã conduz as pessoas a um progressivo mergulhar no mistério davida de Cristo, dando valor a tempos, etapas com suas celebrações, símbolos, ritos ebênçãos. Ao realizar a Iniciação à Vida Cristã em nossa Diocese estamos alinhados com asDiretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (2019-2023) para todo o Brasil e em plena sintonia com a Igreja do Regional Sul 2, que escolheu a mesma prioridade para todo oestado do Paraná. Destaques nos meses de julho a setembro foram realizadas assembleias de pastoral em todas as nossas 34 paróquias.

O nosso povo pediu que dentro da Iniciação à Vida Cristã, a Diocese desse destaque a quatro outros temas, conforme a seguir: 1. Formação bíblicaPromover processos formativos ao redor da Palavra de Deus para o discipuladomissionário. 2. LiturgiaDespertar e formar, a partir de celebrações bem preparadas, a espiritualidade litúrgica e aconsciência comprometida com o Mistério celebrado. 3. FamíliaPriorizar ações com as famílias para que sustentadas e animadas pela comunidade de fépossam resgatar e fortalecer os valores cristãos, a fim de se tornarem discípulosmissionários de Jesus Cristo. 4. Comunidades eclesiais missionárias, valorizar como espaços missionários e de formação de comunidades eclesiais: hospitais, comunidades terapêuticas, escolas, universidades, condomínios, mundo da cultura, daciência, presídios e outros lugares de detenção. Assim sendo, nos próximos quatro anos, a começar do início de 2020, avançaremos comentusiasmo e muita alegria nessa grande estrada aberta diante de nós.

E você estará conosco!

© Copyright 2019. Desenvolvido por Cúria Online do Brasil